quinta-feira, 10 de julho de 2014

Por que os homens sentem sono depois de fazer sexo?

Você já deve ter ouvido aquela história — ou até reclamações — de que, logo após fazer sexo, os homens viram de lado e pegam no sono, alguns quase instantaneamente. Isso, como você sabe, é visto com bastante irritação, principalmente pelas mulheres. Mas, afinal, por que é que esse fenômeno acontece?
Na verdade, em vez de uma única causa, parece que o sono pós-sexo está associado a uma série de fatores, alguns diretos e outros indiretos. Segundo Melinda Wenner, pesquisadora do Scienceline — um projeto da Universidade de Nova York —, em primeiro lugar, existem algumas razões obvias para que os rapazes sintam sono após o ato. Afinal, a ação frequentemente acontece à noite, em uma cama e pode ser fisicamente extenuante.

Explicação bioquímica

PET scans — ou tomografias por emissão de pósitrons — revelaram que, para que um indivíduo chegue ao orgasmo, entre outras coisas, ele precisa se desligar de medos e ansiedades, e isso resulta em uma sensação de relaxamento. E nos homens, quando a ejaculação acontece, o cérebro libera um verdadeiro coquetel de substâncias. Entre elas, estão a serotonina, a oxitocina, a noradrenalina, a vasopressina, o óxido nítrico e a prolactina.
A oxitocina e a vasopressina estão associadas com o sono, já que normalmente sua liberação é seguida pela descarga de melatonina, um dos hormônios responsáveis por regular o “relógio biológico”. Já a oxitocina está associada com a redução do stress e, portanto, poderia conduzir ao relaxamento e ao sono. O óxido nítrico também é responsável por promover o relaxamento muscular e a serotonina está envolvida em inúmeros processos biológicos, entre eles, a regulação do humor.
Já a prolactina é um hormônio relacionado com a sensação de satisfação e está associada com o intervalo que os homens precisam para se recuperar antes de começar o “round 2”. Estudos apontaram que os níveis de prolactina são naturalmente mais altos durante sono, e experimentos demonstraram que animais que recebem injeções dessa substância se tornam imediatamente sonolentos.
Aliás, a liberação de prolactina também explica o motivo de os homens se sentirem mais sonolentos depois de fazer sexo do que quando se masturbam, pois, por alguma razão desconhecida, durante o orgasmo atingido pelo coito, a descarga desse hormônio é quatro vezes maior do que quando ele é atingido através da masturbação.

Explicação evolutiva

Sob o ponto de vista da evolução humana, a principal finalidade do sexo é a procriação, e pegar no sono não seria a coisa mais proativa a se fazer nesse caso. No entanto, devido ao período de recuperação necessário entre os “rounds”, talvez a soneca seja a melhor forma de aproveitar o tempo.
Também é possível que a sonolência seja um efeito colateral relacionado com uma questão evolutiva mais importante, talvez associada com a liberação da oxitocina e da vasopressina. Isso porque, além de as duas substâncias estarem vinculadas com o sono, elas também estão intimamente envolvidas com as ligações sociais que os casais humanos constroem, ajudando a fortalecer os sentimentos de confiança e laços emocionais entre parceiros sexuais.
Esses laços, por sua vez — ainda sob o ponto de vista evolutivo —, são favoráveis no caso de os casais resolverem ter filhos, pois a cooperação entre os pais maximiza as chances de sobrevivência dos descendentes. De qualquer forma, independente da causa exata do sono pós-sexo, é melhor que as mulheres — por mais frustrante que seja — se acostumem com a ideia de ver seus parceiros roncando despois do... Você sabe. Afinal, tudo indica que essa característica está longe de mudar.
                                                                                                                              Fonte:Live Science